Mundo dos Cristais

Curiosidades sobre os Cristais

 A Lenda dos Cristais

 

Num determinado dia, o Espírito Criador esticou seus braços e teve vontade de criar algo que ele nunca havia criado. Como sempre, sua ideia era criar alguma coisa que auxiliasse os seus filhos. Olhou para eles e notou como suas almas brilhavam quando dançavam e se moviam em espiral através do espaço. Eles eram seres magníficos que trouxeram tanto prazer ao seu Pai quando este os criou. Porém o Espírito Criador supôs em seu coração que era tempo de dar mais um passo. Seus filhos necessitavam de uma oportunidade de crescerem. Eles necessitavam de um desafio, de aventura e feitos heroicos. Eles necessitavam reconhecer que eles tinham opiniões e que poderiam controlar seus próprios destinos. Eles necessitavam aprender sobre o poder do amor assim como sobre a percepção. O Espírito Criador inclusive tinha um plano.

 

Então seus olhos se moveram, abrindo os seus lábios em seguida e finalmente gritou “Eu o tenho!” O Universo interior se agitou com o som de sua voz. Ele criaria um novo planeta onde as almas-crianças poderiam viajar através do tempo. Este planeta teria uma nova forma, uma forma física, e a almas-crianças teriam corpos físicos. Neste planeta, eles se animariam através da necessidade de manter seus egos. Eles teriam muita abundância neste planeta. Eles poderiam aprender ajudando-se e valorizando entre si. E eles poderiam provar seus talentos para criar da mesma maneira que seu Pai havia feito. O Espírito Criador sorriu quando considerou o seu novo plano. Porém seu sorriso poderia ser confundido. Não seria justo deixar essas almas-crianças nesta grande jornada sem um Pai.

 

Ele não poderia deixar seus filhos completamente independentes. Porém ele poderia enviar uma Mãe. Sim, ela seria de grande ajuda. Então ele tirou de si um pouco de energia feminina e construiu o novo planeta com essa energia. Quando terminou, deu um nome ao planeta: Mãe Terra. Mãe e Pai juntos trabalharam para recepcionar as almas-crianças. A Mãe Terra escolheu a cor do céu e das nuvens. Ela adorava a cor azul. O Espírito Criador viu a necessidade de construir polos magnéticos. Os dois fizeram tudo com muito amor. Porém no dia da chegada das almas-crianças, Mãe Terra entrou em pânico. Estaria ela assumindo muita responsabilidade? E se as coisas saíssem mal? O que ela poderia fazer para corrigi-las? Ela fez estas perguntas ao Espírito Criador. Ele respondeu-a: “É claro que você poderá fazer isto. Nada sairá errado. Você tem que ter fé”.

 

A Mãe Terra insistiu: “Eu me sentiria melhor se tivéssemos um plano de emergência”. O Espírito Criador estava impaciente, porém achou uma boa ideia de um outro plano de apoio.

 

Durante a noite ele plantou sementes debaixo da superfície da Terra. Segundo este novo plano, as sementes cresceriam e transformar-se-iam em cristais de diversos tamanhos, formas, talentos e cores. Eles trariam beleza, energia e seriam um guia nas vidas das almas-crianças. Eles abririam um novo caminho para a verdade. Eles ensinariam a curar e dar força à vida de todos os que eles tocassem. “Que maravilha”, disse a Mãe Terra. “Quando as almas-crianças precisarem de ajuda eu posso lhes dar os cristais”. O Espírito Criador balançou a cabeça. “Não, você deve permitir que eles encontrem os cristais. Quando uma alma-criança tiver o coração puro e o espírito amoroso, eles poderão levar os cristais consigo. Ele o tocará, o estudará, jogará com eles e descobrira seus pequenos milagres. Essa alma-criança ensinará aos seus irmãos sobre este poder que vem da Mãe Terra. Depois outra alma-criança conhecerá outro cristal e ensinará a outros o que ele também pode fazer. Esses ensinamentos serão passados a outros interruptamente”.

 

A Mãe Terra sorriu porque ela compreendeu que aquela ajuda sempre estaria ali ao alcance das almas-crianças. Eles teriam muito que fazer. Eles viveram num mundo repleto de prazeres, mas algumas vezes as coisas não funcionavam muito bem e muitos caíram doentes. Um dia, uma alma-criança muito calada, mas de coração puro e espírito amoroso, caminhou por uma pequena trilha e viu um cristal brilhando. Feliz ele pode sentir aquela energia maravilhosa trabalhando no seu corpo e curando-o. Colocando-o na direção do sol, viu lindos raios multicoloridos. Naquele momento ele sentiu que tinha em suas mãos uma pedra curativa. Com este cristal, ele poderia ajudar seus irmãos a sentirem seus corpos mais energizados e também seus espíritos. Aos poucos, ele ensinou aos outros como usa-lo. Este conhecimento foi passado a outros.

 

Num outro dia, uma outra alma-criança de coração puro e espírito amoroso encontrou um cristal especial, que lhe contou a história da criação da Mãe Terra. Ele contou essa história a seus irmãos que ensinaram a outras almas-crianças. A cada dia que passava, até os dias atuais, aqueles que tem puro o coração e o espírito amoroso encontram novos tipos de cristais. Ao se comunicarem com essas almas-crianças, os cristais demonstram todo seu entusiasmo em poder ajudar seus irmãos A cada dia que passa, nós aprendemos que fazemos parte do Espírito Criador, da Mãe Terra, dos Cristais e de todos os seres do Universo. Estamos todos relacionados, somos todos irmãos.

 

Mitakuye Oyasin!

 

Amazonita

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pedra encontrada no Brasil, Rússia, Estados Unidos, Canadá, Índia, Moçambique, Áustria.

A Amazonita tem o poder de curar e abrir, tanto o chakra da garganta quanto o do coração, intensificando a comunicação amorosa. Também abre o terceiro olho e estimula a intuição.

É uma pedra extremamente calmante! 

Alinha o corpo físico com o corpo etérico, mantendo uma saúde perfeita.

Ajuda no combate a osteoporose, a queda dos dentes, deficiência de cálcio.

Melhora os desequilíbrios femininos, tal como TPM e menopausa.

Equilibra as energias masculinas e femininas .

Nos ajuda a ver ambos os lados de um problema ou diferentes pontos de vista.

Suaviza traumas emocionais, aliviando a preocupação e o medo.

É uma excelente pedra para pessoas com excesso de responsabilidade, equilibrando-a.

Ela também tem função de absorver as emanações eletromagnéticas do telefone celular, microondas, etc. Nestes casos é bom colocá-la bem perto dos aparelhos.

 

 

A Harmonização de Ambientes

 

OS CRISTAIS E A HARMONIZAÇÃO DE AMBIENTES

Por Paula Salotti

 

Muito se tem falado sobre a harmonização de ambientes. Diversas técnicas estão sendo utilizadas para melhorar a qualidade da energia da casa e dos que nela habitam.

 

Conforme nossa consciência vai se expandindo, mais percebemos nossa conexão com o todo, com a rede de vida que permeia e conecta toda criação. Sentimos cada vez mais a expressão de vida presente em tudo que nos cerca, e enquanto antes nos preocupávamos apenas em equilibrar a nossa própria energia, atualmente entendemos a necessidade de curar a casa que, como todo ser vivo, está sujeito a desequilíbrios, crises e doenças.

 

Percebemos que os ambientes, assim como tudo que nos cerca, são um reflexo de nosso estado interior; por isso, é tão comum que ao mudarmos coisas de lugar em nossa casa, rapidamente certas mudanças comecem a surgir em nossas vidas. Muitas vezes, uma nova postura diante de alguma situação vem logo após uma nova arrumação de móveis! Como disse Jung, "as mudanças internas provocam acontecimentos externos e os acontecimentos externos desencadeiam mudanças internas".

 

Hoje em dia já estamos bastante familiarizados com técnicas como o Feng-Shui, a Radiestesia e já ouvimos falar até em acupuntura para a casa! Mas, com certeza, um meio simples e energeticamente poderoso para restaurar as energias de um ambiente é através do uso dos cristais. Há muito já foi dito que chegaria um momento na história que a humanidade teria quase que uma dependência dos cristais, e eles voltariam a ter a importância que um dia tiveram. Ao ouvir isso, pensávamos apenas num uso místico, mas hoje em dia, mesmo sem perceber, os cristais estão totalmente presentes em nosso dia a dia, seja nos chips de computador, nos cartões magnéticos, nos instrumentos cirúrgicos, etc. Mas é na meditação e nos trabalhos de cura que obtemos um maior benefício no contatos com esse seres especiais.. Além deles atuarem na harmonização e equilíbrio da energia, todo processo se torna bastante acelerado e sentimos suas manifestação com muita rapidez.

 

Cada ambiente de nossa casa deve ter um cristal apropriado para aquele local. Desta forma, sentiremos rapidamente a mudança da freqüência vibratória quando colocarmos o cristal certo no local certo. 

 

A seguir, vamos indicar as pedras mais apropriadas para cada ambiente:

Sala de Estar e Ambientes de Trabalho: Drusas de quartzo branco, também chamados de aglomerados. Esses cristais são indicados quando várias pessoas precisam compartilhar o mesmo ambiente. Devemos colocá-los no local da casa que é comum a todos os moradores, ou no local de trabalho, onde várias pessoas transitam. Os aglomerados são várias pontas de cristal que compartilham a mesma base, mostrando que pode haver uma convivência harmônica entre diferentes seres.

 

Quarto de dormir: A sodalita - uma belíssima pedra azul escura com listras brancas - é uma das pedras mais indicadas para se ter nos quartos. Além de ajudar a combater a insônia, quando colocada por uns minutos no terceiro olho antes de dormir, estimula toda a atividade consciente durante o sono, trazendo maior facilidade para a lembrança dos sonhos, assim como insights e respostas. O quartzo rosa e a água marinha também são ótimas para os quartos, já que produzem um efeito calmante e relaxante, e são as mais aconselhadas para ficarem na mesa de cabeceira das crianças.

 

Escritório ou quarto de estudo: As pedras amarelas, principalmente o citrino e o topázio imperial, aceleram o aprendizado, melhoram a memória e estimulam o raciocínio. Por isso, são ótimas companheiras para longos períodos de estudo, na elaboração de trabalhos complexos ou reuniões extenuantes . Devem ser deixadas sempre na mesa de trabalho ou na escrivaninha das crianças. Quando a energia estiver acabando, basta pegar seu citrino ou topázio imperial, colocá-los no alto da cabeça, inspirar e expirar três vezes profundamente. Você se sentirá renovado!

 

Mesa de Trabalho: As piritas, aquelas belíssimas pedras feitas de cubos douradas, são ótimas para ficarem em mesas de trabalhos ou locais onde são realizados negócios. Ligadas à abundância e à prosperidade, ela nos auxilia na realização dos objetivos e na concretização de idéias e projetos.

 

Sala ou local de Meditação: Duas pedras não devem faltar no seu local de meditação ou altar: um quartzo gerador (uma ponta de cristal branco), que funciona purificando e renovando a energia, abrindo os canais sutis e amplificando as experiências místicas, e a ametista, que é uma pedra muito ligada à espiritualidade, devido à sua cor violeta, ligada à transmutação e regeneração. Ela aprofunda nossos mergulhos na experiências místicas, aumentando nossa intuição .

 

Cozinha: A cozinha é considerada um dos locais da casa onde é muito importante haver harmonia e equilíbrio, já que a pureza de nossos alimentos dependem do estado emocional daqueles que o manipulam. O ideal é termos várias peças de quartzo branco e rutilado, aquele cristal que parece ter fios de cabelos dourados dentro dele. Para o local onde são feitas as refeições, o ideal são as calcitas laranjas, pedras estimulantes e energizantes, que atuam na absorção da energia vital presente em tudo que ingerimos, dos alimentos que comemos ao ar que respiramos.

 

Banheiros: Sim, no banheiro também usamos cristais! Considerado o local da casa por onde as energias mais densas são eliminadas, é comum haver ali energias intrusas ou pesadas e as turmalinas negras são ótimas transformadoras. Suas estrias funcionam como condutoras energéticas, não deixando que nada fique estagnado. Também são ótimas pedras para termos atrás das portas de entrada, por serem outros locais onde é comum haverem estagnações energéticas.

 

Consultórios Médicos: O quartzo verde e a ametista são uma ótima combinação para ambientes que lidam com energias de cura. A ametista transmuta, regenera e traz à tona tudo que está acumulado e o quartzo verde atua na cura e no equilíbrio emocional.

 

 

Pedra da Cruz

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Pedra da Cruz é também conhecida como Quiastolita e Andaluzita.

 

Tem sua aparência em forma de cruz no centro da pedra. 

 

É uma poderosa pedra de proteção, ajuda a dispersar pensamentos e sentimentos negativos; dissipa ilusões, elimina conflitos e favorece a descoberta de soluções e mudanças.

 

No chakra cardíaco é indicada às pessoas que procuram seu equilíbrio entre materialismo e espiritualidade.

 

No chakra da base, ajuda a dissolver os medos descontrolados e angustiantes.

 

A cruz, desenhada nessa pedra, representa os quatro pontos cardeais, as quatro estações, as quatro fases da lua, etc.

 

A Pedra da Cruz tem grande poder de cura e vibração e deve ser usada por quem já vem utilizando pedras para se equilibrar e curar.

 

Ametista

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A MAIOR AMETISTA DO MUNDO

 

Pesando muito mais que um carro popular, com 2.500kg, o maior geodo de ametista do mundo (3,27 metros de altura) foi encontrado no Uruguai. 

 

Depois de ser extraído e trazido para a superfície (que levou quase três meses), a frente desse geodo gigante foi cuidadosamente removida em seções muito pequenas para revelar a beleza que você vê agora.

 

 

 

 

 

 

Rubi

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A pedra clássica é usualmente de um profundo, brilhante vermelho, mas pode ser encontrada em colorações rosa e cor de alfazema. 

Os Rubis são oriundos dos Estados Unidos, Índia e Sri Lanka.

Essa pedra era considerada pelos hindus como muito valiosa porque preservava a saúde do corpo e da mente de quem usava, removendo pensamentos maus, controlando os desejos amorosos, dissipando os vapores pestilentos e reconciliando disputas.

Um tratado do século XIV atribuído a Sir John Mandeville assegura ao fortunado usuário de um brilhante de Rubi que ele viverá em paz e concordará com todos os homens, que nem sua terra nem os seus serão levados para longe, e que ele será preservado de todos os perigos. 

A mágica da pedra também guardaria sua casa, suas árvores frutíferas e vinhas dos danos causados pelas tempestades. 

Todos esses bons fatos seriam alcançados se o Rubi, colocado num anel, bracelete ou broche fosse usado no lado esquerdo.

Em Burma, os Rubis eram valorizados por sua invulnerabilidade. Para se chegar a isso, o Rubi deveria ser inserido dentro da carne de modo a tornar-se parte do corpo. 

Aqueles que incrustavam Rubis em sua pele acreditavam que se tornavam inatingíveis por quaisquer feridas causadas por lanças, espadas ou revólveres. 

 

É uma pedra poderosa cuja energia estimulante pode trazer à tona coisas surpreendentes. 

Dentre as pedras vermelhas o Rubi é a que trabalha a juventude. Rejuvenesce a alma e, conseqüentemente, reflete no corpo.

Como o Diamante, é um amplificador de energia – tanto a positiva quanto a negativa.

 

O vermelho é normalmente interpretado como uma cor de paixão, e algumas vezes o efeito do Rubi é o mesmo de sacudir uma capa vermelha na frente de um touro. 

 

O Rubi pode trazer negatividade (raiva) à superfície para ser queimada ou dispersada.

 

O Rubi também pode amplificar a energia positiva, aumentando qualquer pureza que você já possua. 

 

Usado nas pessoas pra baixo, sérias, ranzinzas.

Os Rubis nos ajudam em todos os assuntos de amor, inclusive de amor a nós mesmo. 

 

Eles beneficiam o coração e o sistema circulatório e podem promover a filtração e desintoxicação do corpo.

 

Estimula a motivação e a visualização. 

 

Ele pode ajudar ao usuário a ser mais realista em relação a seus objetivos e mais honestos em suas intenções.

 

Está associada a energia espiritual e é usada freqüentemente no terceiro olho.

Druza de Crisocola

 

Drusas, em geral, são formações cristalinas, geométricas e pontiagudas, que se formam dentro de geodos minerais. Não foi o que aconteceu com esta crisocola no interior de um ovo de calcedônia. 

Incrivelmente, os estalactites do quartzo azulado fugiram totalmente do seu padrão, assumindo um perfil  arredondado que lembra bastante as imagens das anomalias obtidas por satélites em solo marciano. 

A pedra preciosa foi encontrada numa mina do Arizona, EUA, na década de 1960. Recentemente ela foi negociada por 5 mil dólares, um valor extremamente baixo para um mineral tão raro como este.

 

 

 

 

Opala

A opala é uma rocha sílica amorfa hidratada e, mesmo leitosa, tem como principal característica a intensa fusão de um jogo de cores belíssimo. 

Esta pedra preciosa foi encontrada numa mina do estado norte-americano do Oregon. Mas ela também ocorre em vários continentes. 

A explosão de cores em nebulosa contida dentro de uma opala 

O que você vê aprisionados nesta pedra: nuvens de poeira cósmica de uma nebulosa, rolos de fumaça expelidos pela erupção de um vulcão, formações de corais no fundo do mar ou outra imagem mental? 

Você pode imaginar qualquer coisa porque foi exatamente por isso que essa lasquinha de opala, medindo 4,6 x 4,4 cm e 119 quilates de peso, foi arrematada por 20 mil dólares num leilão da Bonhams. 

 

 

 

 
 
 
 

Nossos Parceiros

nalagoa_parc.jpg
Porto de Luz Mapa

Deseja receber a programação por whatsapp?

Clique na logo para participar

(grupo somente de divulgação sem conversas)

* só funciona no celular

logo-whatsapppng.png
  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon

Copyright 2019 - Porto de Luz

www.portodeluz.com.br

Ilha  da  Pesquisa,  casa  2 - Barra da Tijuca - RJ - Brasil